• Redes Sociais

Meu primeiro Bengal - Como cuidar do Filhote de Gato Bengal



Primeiramente Parabéns! 

Parabéns por ter escolhido essa raça fantástica para fazer parte da sua vida!
Parabéns por ter pesquisado e escolhido um Gatil de Qualidade que preza pela saúde física e mental dos seus gatos e que acima de tudo ama a raça Bengal.

Agora é hora de levar o seu filhote para casa. Essa hora é muito aguardada durante meses e a primeira vontade é de aproveitar ao máximo a companhia do seu filhote Play Bengal.  

Para que tudo aconteça da melhor forma possível, fizemos um check-list com pontos importantes nas etapas, antes do filhote chegar, chegada do filhote de bengal e próximos passos após a adaptação. 

Enxoval do filhote Bengal

-Banheiro do Gato Bengal.
banheiro gato bengal
No Gatil Play Bengal utilizamos granulado de madeira, mas o filhote pode se adaptar com outro tipo de granulado. Um que utilizamos por muito tempo e gostamos é o granulado da marca KatBom.

-Comedouro inox.
comedouro gato bengal
Mais fácil para higienizar. Sugerimos ter mais de 1, para quando um estiver lavando e higienizando possa usar outro, ou um para ração seca, outro para ração úmida ou outro tipo de ração.

-Bebedouro tipo fonte:
bebedouro água gato bengal
Onde a água vai circular 24hs por dia e incentivar o filhote a beber água. Você pode e deve ter mais de 1 bebedouro espalhado pela casa, para incentivar ainda mais o seu gato a beber água.

Preparando a chegada do seu filhote Play Bengal
A sua casa deve ser um ambiente seguro para o filhote. Verifique e retire tudo que possa oferecer risco para o filhote , coisas que ele possa comer por acidente, objetos pequenos demais como botões, bolinhas, agulhas, alfinete, plantas tóxicas, alimentos, vidros e louças que possam ser quebrados... enfim passe um pente fino na casa para que ela seja o lar seguro para um Gato Bengal.

Por esse motivo aconselhamos muito que você possua um "quarto do gato" será ali que ele passará a maior parte do tempo, um abimente tranquilo e especialmente preparado para ele. Pode ser uma varanda ou um quarto / cômodo da casa que não seja muito utilizado. Nesse ambiente podemos preparar um verdadeiro playground para sue filhote de gato Bengal. É de extrema importância ter: 

-Enriquecimento ambiental:
Enriquecimento Ambiental gato Bengal

Prateleiras, tocas, nichos, escadas, rampas,  e outros atrativos para que seu filhote de Bengal possa se excercitar sempre que quiser. Lembre-se que Bengal é uma raça muito ativa e que precisa de atividade física para ter uma vida feliz e saudável. Você pode conhecer mais modelos no nosso parceiro Play Cat

-Arranhadores:
Arranhadores Play Cat Gato Bengal
Espalhe quantos quiser e puder, assim você nunca terá problema com móveis arranhados. Existem diversos tipos no mercado, de sisal, de papelão, de feltro... Arranhadores fixados nas paredes ou em tamanhos grandes são a melhor opção para os gatos Bengal. Você pode conhecer mais modelos no nosso parceiro Play Cat

-Brinquedos interativos:
Brinquedos interativos para gato Bengal

Existem diversos tipos de brinquedos interativos, jogos com bolinhas, varinhas com penas atadas na ponta, brinquedos eletrônicos e muito mais, quanto mais diversidade, mais diversão! Bengal são gatos que amam caçar e vocÊs passarão momentos divertidos brincado juntos. Você pode conhecer mais modelos no nosso parceiro Play Cat

-Roda para Gatos:

A febre do momento (cat wheel), parece que esse brinquedo foi criado especificamente para os Bengals. Eles amam andar e correr na roda. Ficam hopas brincando e se exercitando, além de ser muito divertido para nós observarmos esse curioso comportamento.

Lembre-se: Um Bengal ativo e excercitado é um gato feliz! Quase todos os tipos de comportamentos indesejados, depressão, marcação de território e outros inconvenientes podem ser evitados com um ambiente criado exclusivamente prar os seus gatos bengal.

Veja mais sobre brinquedos para seu filhote de gato Bengal aqui!

Por último mas não menos importante: Todas (todas mesmo) janelas e aberturas devem possuir tela de proteção e o acesso a essas áreas deve sempre ser monitorado para evitar possíveis acidentes.

Primeira semana do seu filhote Bengal em Casa
Prepare o quarto do gato, comida, água, banheiro do gato antes da chegada do filhote em casa.
Assim que o seu filhote Bengal chegar em casa, leve a caixa de transporte para o "quarto do gato". Abra a portinha e deixe que ele saia sozinho não force ou tente "ajudar" o filhote a sair. Deixe que ele tenha o tempo dele, pois estará assustado e estressado.  É normal que ele se esconda dentro de nichos, tocas ou objetos. Nao tente tirar ele dos esconderijos, deixe ele explorar o cômodo com tranqulidade. Você pode incentivar ele a brincar com uma varinha para gatos, mas se ele não quiser, não o force.

Gatos Bengal como qualquer outro felino precisa reconhecer o territorio em que vivem, fazendo isso ele passará a agir normalmente e com total desenvoltura. 

Se você tem outros gatos, cachorros, ou outro animal, evite que se vejam ao longo dessa primeira semana de adaptação. Eles vão ter muito tempo para brincar depois. Foque nessa fase inicial de adaptação.

Essa primeira fase de adaptação pode ser finalizada assim que o seu filhote de Bengal já venha em sua direção em busca de carinho, esteja se alimentando e bebendo água normalmente e suas fezes estejam com consistência dura. Esses 3 sinais irão dizer que o seu filhote de Bengal já está adaptado aquele ambiente onde passou a primeira semana e aos poucos você poderá soltar ele para conhecer os demais ambientes da casa.

Alimentação do Filhote Bengal
-Ração a vontade, disponível 24hs por dia. Os Bengal assim como outros gatos se alimentam em pequenas porções ao longo de todo dia ( e noite também). Uma amostra da ração que ele está comento vem junto no Kit Filhote, mas é importante comprar a ração antes do filhote chegar em casa. No Gatil Play Bengal eles comem Premier Filhotes Pelo Curto - Sabor Frango

Além da ração você tembém pode (e deve) oferecer:

carne moida crua para gatos

-Carne bovina moída crua, porém que tenha sido previamente congelada por no mínimo 3 dias. O congelamento mata eventuais protozoários da carne crua. Oferecer crua em pequenas porções (cerca de 70 gramas) e em temperatura ambiente ou pode colocar no mircroondas por 1 minuto para descongelar.

-Carne de frango moída crua congelada porém que tenha sido previamente congelada por no mínimo 3 dias. O congelamento mata eventuais protozoários da carne crua. Oferecer crua em pequenas porções (cerca de 70 gramas) e em temperatura ambiente ou pode colocar no mircroondas por 1 minuto para descongelar.

pescoço de frango cru para gatos
-Pescoço de frango sem pele cru (também conglado por no minimo 3 dias) oferecer cru em temperatura ambiente. Descongelar sempre dentro da geladeira. NUNCA esquentar ou cozinhar o pescoço de frango. Carne com ossos e cartilagens devem ser oferecidas sempre cruas.

-Atum em lata, conservado em água e sal.

- Sardinha crua congelada sem rabo e sem cabeça (minimo de 5 dias de congelamento) . O
ferecer crua em temperatura ambiente. Descongelar sempre dentro da geladeira.

sardinha e salmão crus para gatos


-Sardinha em lata, sem conservantes.

- Filé de salmão ou outros peixes crus (minimo 5 dias de congelamento) . Oferecer cru em temperatura ambiente. Descongelar sempre dentro da geladeira.

- Saches / lata de comida úmida (de boa qualidade, sem conservantes e aromatizantes artificiais) alternando com as opções acima.

Importante oferecer: Muita alimentação úmida. Lembre-se que na natureza gatos são caçadores carnívoros e suas caças tem cerca de 70% de agua no corpo. 

Importante evitar: Petiscos com conservantes, aromatizantes, coisas industrializadas, restos de comida (não precisamos nem dizer que nao se deve oferecer restos da nossa comida para seus gatos).

Estresse de viagem
Imagine um filhote de bengal que até então viveu com sua mãe e seus irmãos, em um ambiente calmo e acolhedor. Ele é retirado desse ambiente, enfrenta horas dentro de uma caixa, com pessoas, vozes, sons, cheiros diferentes e muitas vezes ainda passa por uma viagem de avião para chegar na sua nova casa. O seu gatinho Bengal, tão pequeno, chegará no seu destino estressado, com medo e sem saber como agir... afinal tudo é novo! Nós humanos também somos assim (guardadas as devidas proporções), em um emprego novo, uma viagem para morar em uma cidade / país novo, e outras ocasiões semelhantes.

Por isso é muito importante que ele receba carinho (não em demasia) e fundamental que o filhote de Bengal tenha o seu tempo para conhecer e se adaptar com o novo ambiente.

O estresse da viagem pode causar muitas vezes alguns sintomas colaterais, como diarreia, falta de apetite, algum tipo e gripe (desencadeada por baixa imunidade / estresse / mudança de temperaturas bruscas). Deixe ele descansar, não se preocupe se ele nao sair da caixa nas primeiras horas e não force para que ele o faça. Dê tempo ao seu novo filhote de gato Bengal. Deixe que ele se acostume aos poucos e que haja naturalmente. Evite muita gente, falatórios, griataria, aglomeração de pessoas vendo o seu novo gatinho. Isso potencializa a situação de estresse. Deixe para apresentar ele para família e amigos algumas semanas depois dessa fase de adaptação.

Vocês terão uma convivência fantástica ao longo da vida, então tenha cautela nessas primeiras horas.

Mudança de ambiente
Gatos são diferentes de cachorros. Eles se apegam ao ambiente em que vivem e muita vezes a simples mudança de um móvel de lugar pode desencadear um quadro de estresse em gatos. A mudança de ambiente para o filhote é algo que vai afetar seu apetite e ele se sentirá perdido. Uma ótima forma de melhorar isso é brincar com o seu Bengal, ativando o seu instinto de caça. Uma varinha com algo amarrado na ponta irá despertar o lado selvagem do seu filhotinho de Bengal e o ajudará a se adaptar com o novo ambiente.

Na manhã seguinte após sua chegada, brincadeiras desse tipo irão fazer com que ele entenda que está tudo bem, e que pode caçar, brincar, correr, saltar e esses pequenos estímulos vão abrindo o apetite do seu novo Bengal, fazendo com que vá procurar a comida, água e começe a ter uma "nova vida" em seu novo lar. Acaricie suas costas, mostre que esta tudo bem e quando ele começar a procurar seu novo dono pedindo carinho, a mágica aconteceu e um vínculo de amor e afeto foi criado! É hora de aproveitar essa nova amizade e cada vez mais fortificar os laços de confiança entre o seu filhote de Bengal e você.

Meu Bengal ainda não comeu e não bebeu água. O que fazer?
É normal que com a mudança de ambiente, separação da mãe e dos irmãos de ninhada o filhote fique estressado, assutado e uma das reações é ficar quieto, dentro da ciaxa, não comer e não beber água. Esse comportamento pode durar 1 ou 2 dias. Não force o filhote a comer ou a beber água, pois isso pode piorar a situação. Ele vai comer e beber água assim que sentir vontade. Nós também somos assim, após algum trauma é normal perdermos o apetite por algumas horas, mas logo voltamos a nos alimentar. 

É importante lembrar que a vasilha de comida e água deve ficar longe do banheiro do gato. Coloque sempre a comida e água na parede oposta a que está a caixa de areia.

Não tente oferecer outro tipo de ração, petiscos ou qualquer outro alimento para o seu filhote comer nessa primeira semana em casa. Procure reparar se a quantidade de ração diminuiu na vasilha, mesmo que seja uma quantidade mínima, se ela diminuiu ele está comendo e vai passar a comer mais ao longo dos primeiros dias. Mudar a ração, oferecer petiscos ou outros alimentos pode desencadear um quadro sério de diarreia ou outras complicações gastro intestinais - cuidado!

Fezes moles, ou não defecar é normal durante essa primeira semana. Na natureza os felinos sempre escondem suas fezes para evitar que seus rastros sejam encontrados por pedradores (seu filhote de bengal, sob estresse fará o mesmo), portanto se o filhote não defecar nas primeiras 48 horas, não se preocupe. Por outro lado fezes moles também indicam sinal de estresse e é normal que isso ocorra por até 2 semanas. Porém caso perceba que seu filhote de Bengal está perdendo peso, apático, fraco, não deixe de nos contactar pelo Whatsapp. Estaremos sempre pontos para ajudar você.

Então não se preocupe e dê tempo para que seu filhote de Bengal se acostume com a casa nova, com os novos donos e procure por si só, comida e água.

Como explicado anteriormente,  nos primeiros dias é importante deixar que o filhote fique em apenas um cômodo da casa, alí ele vai poder explorar e conhecer tudo com mais facilidade do que se ficar solto na casa toda. Quando for brincar com ele, entre nesse cômodo sem encarar o filhote diretamente nos olhos - aprenda sobre linguagem corporal dos gatos aqui -  e  estimule ele com atividades de caçar, brincar, correr, pular... Ofereça também carinho, mas não force se no começo o seu filhote de Bengal nao quiser ficar no seu colo. Gatos precisam ser conquistados com o tempo e não com força e com o passar das horas e dos dias, ele vai se adaptando a nova rotina e a nova família.

Apresentando o filhote Bengal para outros gatos / cachorros
Os Bengals são gatos muito curiosos e na grande maioria dos casos, destemidos e valentes. Porém não é por isso que alguns cuidados possam ser negligenciados. A apresentação do filhote deve ser gradativa e cautelosa. Se na sua casa tenha outros gatos ou cachorros, o filhotinho de gato Bengal deve primeiramente estar ambientado com seu "quarto" ou local onde você estipulou para ser sua "casa". Esse processo pode durar de 2 até uns 6 dias e somente após o filhote estar ambientado é que deve ser feita a apresentação para outro animal da casa.

amizade cachorro e gato bengal

A forma mais segura e recomendada, é que eles passem alguns dias sentindo apenas o cheiro um do outro por debaixo da porta... após isso, se você tem uma varanda com vidro isole o gatinho e com cautela deixe o cão ou outro gato se aproximar. O insitinto curioso deles fará com que se vejam mas não possam se tocar por causa do vidro. Se sua casa não tem varanda, uma boa dica é utilizar o box do banheiro como proteção para não haver contato físico.

Observe a reação dos animais, entenda sua linguagem corporal.... é normal rosnados e arrepios  em um primeiro momento. Por isso o vidro é importante, pois evitará qualquer toque mais violento o que pode traumatizar um dos animais e estragar todo o processo. 

Deixe a natureza agir e quando se sentir confortável, após alguns dias observando eles separados pelo vidro (veja se o filhote de bengal procura o seu cão ou gato, se fica se arrastando contra o vidro, se a cauda está mantida em  pé... são sinais de aceitação) deixe que se encontrem. Porém caso o filhote de bengal esteja com o rabo entre as pernas, acuado em um canto e com medo, ainda não é hora de deixar que se encontrem sem o vidro.  Aqui vale usar o bom senso e prestar atenção nos sinais corporais dos animais.

Calma, paciência e energia positiva são fundamentais para que tudo dê certo. Até hoje, todos os relatos dos nossos clientes são positivos quanto a apresentação do Bengal para outros gatos e animais da casa. Bengal é uma raça incrível e sua curiosidade e ousadia, faz com que essa fase seja muito mais tranquila do que com outras espécies de gatos.

Cortando as unhas do seu gato Bengal
Cortar as unhas dos seu gato Bengal deve ser um processo fácil e prazeiroso para ambos. Por isso comece cedo  a manusear as patinhas, oferecendo petiscos e carinho. Comece devagar, é importante que você esteja seguro e com uma energia calma, ou essa insegurança e energia será transmitida para o filhote.  Existem diversas formas de cortar as unhas dos gatos. Tem pessoas que preferem segurar no colo, outras cortam com o gato sobre uma mesa ou prateleira... veja qual você mais se adapta.

Comece fazendo carinho em todo o gato, pegue uma das patinhas e ao pressionar as almofadas das patinhas, verá que as garras saem prara fora. Corte apenas a pontinha da unha (1 ou 2 ilimetros), para que não pegue na veia e sangre - faça sempre em ambiente muito bem iluminado para que possa ver se está cortando longe da veia da unha. Se sangrar um pouqinho, não se preocupe... pressione com um papel ou algodão estancando o local e em alguns minutos o sangue para, mas preste atenção para cortar menos da próxima vez. Ao cortar uma unha (você pode usar um cortador de unha de humanos / trim), dê um petisco, distraia o gato... e repita em todas as unhas.. ao final brinque e faça muita festa, ofereça uma refeição saborosa... sempre dê recompensas a ele por um comportamento que voce gostou.

O filhote precisa entender que esse processo é normal e que ele será recompensado durante e após essa atividade. É simples, rápido e você terá muita facilidade de cortar as unhas do seu Bengal durante toda a vida dele.

Porém caso não se sinta seguro(a) para fazer tal atividade, procure um veterinário ou pessoa competente para tal, evitando machucar o gato e se machucar.

Com essas dicas, você e o seu filhote Play Bengal terão um começo muito mais fácil, seguro e divertido par ambos. Lembre-se que sempre que precisar estamos disposição e como semprem falamos, gostamos de acompanhar o crescimento de cada um dos filhotes que saem do nosso Gatil.

Conteúdo de referencia:
http://www.cachorroverde.com.br/gatos/
http://www.bengalcat.com/
http://www.tibcs.com
http://www.bengalcats.co/



Garantia
CONTATO contato@playbengal.com.br

(11) 9 9660-6085 Whatsapp

  • Pet Retrato
  • Criador Parceiro Premier Pet
  • Tropicats
  • TIBCS
  • World Cat Federation
Desenvolvido por AG | AF Comunicação.